ROSESGUIDE

ROSESGUIDE
MI WEB

miércoles, 16 de abril de 2008

CATALUNHA / BARCELONA


Catalunha, situada ao nordeste da península ibérica, tem uma superfície de 32.000 km2 e uma população de uns 6.000.000 de habitantes. A história, a língua e uma tradição cultural, política e jurídica diferenciada configuraram a personalidade do país e de sua gente. Atualmente forma uma comunidade autônoma dentro de Espanha, com uma instituição própria de governo que é a Generalitat. Seu território apresenta paisagens muito variadas e de grande beleza, e contém um rico patrimônio monumental.
Os Pirineos catalães, com bicos de 3.000 m, marcam a zona setentrional do país e são um lugar ideal para o esquí, o excursionismo, a caça ou a pesca, enquanto os 580 km de costa mediterrânea -onde se alternam os altos alcantilados e as calas recoletas da Costa Brava e de Garraf, as longas praias arenosas da Costa do Maresme ou da Costa Dourada e o mundo insólito do Delta do Ebro- são um paraíso para os amantes dos esportes náuticos.
No interior encontramos populações de caráter -Lleida, Girona, Tortosa, Vic e tantas outras-, com magníficos monumentos.
Barcelona, capital cosmopolita, com uma dinâmica vida cultural, comercial e desportiva, é para o turista uma das cidades mais atraentes do Mediterrâneo. Todos esses elementos, aos que cabe adicionar uma sólida gastronomia, uma grande capacidade de acolhida e uns excelentes equipamentos, convertem a Catalunha numa das primeiras regiões turísticas de Europa.

O turismo português em Barcelona cresceu um 30 por cento no ano 2006 graças às companhias de baixo custo que potenciaram a conexão Lisboa-Barcelona com preços muito exeqüíveis. Segundo explicou na capital lusa o diretor geral de Turismo de Barcelona, Pere Duram, "este ano esperamos crescer outro 30 por cento". Destaca também o fato de que os portugueses aumentaram um 50 por cento o gasto com cartões de crédito.

Portugal faz parte do "top tem" dos países que mais turistas contribuem à capital catalã. Em concreto, o 1,5% dos 7,1 milhões de pessoas que visitaram Barcelona em 2006 são portugueses. Às autoridades barcelonesas não lhes passou despercebida a notável subida experimentada nos últimos dois anos e, por isso, uma delegação de Turismo de Barcelona visitou estes dias Lisboa e Porto "para agradecer aos portugueses sua fidelidade e para dar suporte a Clickair", ressalta Pere Duram. Esta companhia de baixo custo, ao igual que Vueling, conseguiu dinamizar o mercado aéreo, de forma que o dinheiro que os turistas se poupam no bilhete, gastam-no em gastronomia ou compras". Ambas companhias lançam frequentes promoções e é possível comprar os bilhetes de ida e volta a partir de 20 euros.

Os meses de verão, bem como outubro e novembro, com muitos feriados, são as datas preferidas pelos portugueses para visitar Barcelona. Tal e como explica Pere Duram, "o turista português consome muito, passa em media duas noites na cidade, e se divide ao 50 por cento entre o turista de negócios e o de férias". A idade média oscila entre os 35 e os 45 anos, e vão muitos casais jovens. Depois da experiência do Ano Gaudí, Barcelona celebrará -de outono de 2008 a outono de 2009- o ano da Arquitetura. Segundo avançou Pere Duram, trata-se de uma iniciativa que permitirá abrir ao público edifícios e casas emblemáticas da cidade, modernistas, medievais... Também se organizarão conferências e eventos. Um atrativo mais para seguir atraindo aos portugueses. Foi tal o incremento do turismo luso na capital catalã que está praticamente nivelado com o turismo barcelonês que visita Portugal.


1 comentario:

Kijar dijo...

Attention! See Please Here